ANABB ANUNCIA EM SEU SITE VOTAÇÃO DE 9 A 15 DE DEZEMBRO

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Antes que a Previ se pronuncie a respeito da decisão tomada na reunião do conselho deliberativo, a ANABB, EM SEU SITE, anuncia que a votação dos termos acordados a respeito do superavit será nos dias 9 a 15 de dezembro, e dá a entender que o que foi aprovado foi o constante do memorando de entendimentos.

Estou perplexo. QUE BOM QUE A AFABB - RS FICOU DE FORA DOS SIGNATÁRIOS DO MEMORANDO E DO ACORDO !

SÓ DUAS NOTICIAS ME DEIXARAM PLENAMENTE FELIZ.  A SAIDA DO ACORDO ANTES DO FINAL DO ANO ( que todo mundo julgava impossível e que poderá melhorar o Natal de muito colega necessitado se for aprovado no plebiscito) E A SAIDA DA AFABB - RS DOS SIGNATÁRIOS DO ACORDO, porque, francamente, não dá para avalizar o aleijão do jeito que foi redigido e convencionado, por razões diversas, inclusive jurídicas, em meu modesto parecer, s.m.j..

DELENDA CARTHAGO !

28 comentários:

Rubem Tiné disse...

Primeira pesquisa iBBope sobre o acordo: SIM!

Jorge Teixeira - Araruama (RJ) disse...

Colega Medeiros,
Peço informar o valor da reserva especial para revisão do plano de benefícios que será utilizado para permitir que as propostas divulgadas sejam, se aprovadas, implementadas. Agradeceria também se Você informasse o valor que será repassado ao patrocinador ao amparo dessa malfada resolução 26 do CGPC. Até o momento não vi nenhuma manifestação dessa natureza nos principais veículos de informação direcionados aos associados do “PB-1”. Temos o pleno direito de exigir mais transparência na administração dos nossos sagrados recursos. Ou será que eu estou errado?

Anônimo disse...

Prezado Jorge Teixeira,

De pleno acordo contigo. Primeiro acenam com 6 anos. Depois ninguém assume isto. Tá parecendo estranho. Os recursos existem mais fica, nas entrelinhas, a possibilidade de cessaram os aportes pelo meio do caminho. E daí, quem paga os compromissos que vou assumir com base nisto? Faço minhas as tuas palavras: Exijo TRANSPARÊNCIA.

Anônimo disse...

Por favor Previ, mudem a data da votação para 01.12.2010 a 05.12.2010. E que o vitorioso receba os 20% no dia da fopag.

GANDOLA DA BAHIA disse...

-Por favor, alguém pode me informar se sobre os 20% incidirão
Imposto de Rendas e Cassi?

Anônimo disse...

Medeiros, por favor, quando souberes o resultado da reunião do Conselho Deliberatico da Previ, divulgue para nós aposentados e pensionistas ansiosos.
Abraços da Paraíba

Ademir Peruzzolo disse...

O que que justifica uma semana de prazo para votar?
Parece que somos crianças no primário!
Marque-se 1 dia e pronto....
É uma votação desnecessária e já sabemos o resultado.

Anônimo disse...

Colega Ademir. É ingrata a tarefa de ser da Previ ou do Banco. Se botar a votação em um só dia, vão dizer que nem foi dado tempo para todos votarem. É assim. Ninguem consegue agradar a todos. Olhe... To anônimo pq sou Posto Efetivo na Previ e se virem que postei mensagem no blog, podem até me demitir

Anônimo disse...

Alô Medeiros, qual foi o resultado da reunião do Conselho Deliberativo da Previ, hoje 26.11.2010?

Anônimo disse...

EXIJO TRANSPARENCIA COM NOSSOS RECURSOS/PREVI.
-QTO. IMPORTARÁ A PRESENTE DISTRIBUIÇÃO?
-QTO O BB "LEVA"?
-QTO FICA?
-QUAL A DATA DE 'CORTE"?

COM A PALAVRA SIR SASSERON OU COISA/PESSOA QUE O VALHA....

Rubem Tiné disse...

Segunda pesquisa iBBope em Pernambuco: SIM 93% Não 6% 1% em branco.

Anônimo disse...

Medeiros,


Será que vão aplicar os 20% antes de incorporarem as verbas tornadas definitivas. O COMPLEMENTO PREVI hoje é um, será maior ao incorporarem as verbas de Remuneração Especial e de Proporcionalidade.

Será que vão nos sacanear mais uma vez?

Anônimo disse...

PREZADO MEDEIROS,

CONCORDO COM O ANÕNIMO DE 16.42H. OU SEJA; MUDANÇA NA DATA DE VOTAÇÃO PARA APROVAÇÃO DO ACORDO PARA 01 A 05.12.10.
PORQUE DEMANDAR TANTO PELO PERIODO DE 09 A 15 DE DEZEMBRO SE TUDO JÁ ESTÁ DEFINIDO. ENTENDEMOS QUE, PARA QUEM JÁ ESPEROU TANTO TEMPO MAIS 15 DIAS SERÁ UMA ETERNIDADE. QUEREMOS VER A GRANA NA CONTA O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL. E NO PERIODO QUE ESTÁ SENDO PROPOSTO POSSIVELMENTE NÃO TEREMOS CHANCES DE COMPRARMOS O TÃO ESPERADO PERÚ DE NATAL. A NÃO SER QUE O BANCO RESOLVA FAZER UM ADIANTAMENTO LOGO APÓS A APROVAÇÃO. CRÉÉÉÉÉDITO JÁ!

SALVADOR-BA

Anônimo disse...

Caro Medeiros,

Gentileza comentar se teremos 12 parcelas ou treze parcelas.
Pois, acredito e você pode referendar que tudo incidirá evidentemente sobre o 13o., assim como as outras parcelas

acf disse...

MEDEIROS, depois de ler as '''tres mensagens sobre o acordo'''' fico na duvida em votar sim ou não pelo acordo firmado com a previ.A AAPPREVI teria alguma indicação de voto??? O que fazer???
antonio c f macedo

Anônimo disse...

Quero ISONOMIA para votar. Por que insistem em dificultar a vida das aposentados? Dêem uma olhada na CF 88, este tipo de discriminação pode ser questionada na justiça.

Jorge Teixeira - Araruama (RJ) disse...

Colega Medeiros,
O patrocinador divulgou em 25.11. notícia, abaixo transcrita, dirigida às bolsas de valores, sendo que chamou bastante a minha atenção o item “3” do comunicado. Agradeceria muito se Você pudesse esclarecer para todos nós o que o Banco quis dizer com: “se aprovados, os termos do referido Memorando nao trarao impacto ao resultado do Banco do Brasil”. Ficaremos no aguardo de sua breve, importante e oportuna manifestação.

BANCO DO BRASIL (BBAS - NM) - FATO RELEVANTE (25/11) BANCO DO BRASIL (BBAS - NM) - Fato relevante DRI: Ivan de Souza Monteiro

Enviou o seguinte fato relevante:

Em conformidade com o 4, do artigo 157, da Lei n. 6.404, de 15 de dezembro de 1976, e com a Instrucao CVM n. 358, de 03 de janeiro de 2002, o Banco do Brasil S.A. comunica que:

1. Assinou, em 24 de novembro de 2010, Memorando de Entendimentos com as entidades representativas de funcionarios e aposentados, visando a destinacao e utilizacao de parte do superavit do Plano de Beneficio Definido (Plano 1) da Caixa de Previdencia dos Funcionarios do Banco do Brasil - Previ, conforme determina a legislacao vigente.

2. A efetivacao dos termos do referido Memorando depende ainda de aprovacao das instancias administrativas da Previ (Diretoria Executiva e Conselho Deliberativo) e dos orgaos reguladores e fiscalizadores.

3. Se aprovados, os termos do referido Memorando nao trarao impacto ao resultado do Banco do Brasil.

4. Fatos adicionais, julgados relevantes, serao prontamente divulgados ao mercado.

Brasilia (DF), 25 de novembro de 2010.

Antonio Matos disse...

Dr.Medeiros,

ATENÇÃO, ATENÇÃO, precisamos ficar atentos, pois o Sr. Ministro do Planejamento, Paulo Bernardo e o Secretário Executivo do Ministério da Fazenda, Nelson Machado não assinaram o tal acordo para alteração do regulamento do Plano de Benefícios nº1 a partir de janeiro de 2011. Pelo menos no tal protocolo divulgado e mostrado em diversos sites das entidade não consta a assinatura dos ditos cujos. Não basta o texto mal explicativo e mal entendido do memorando do acordo? Um abraço.

Antonio Matos
(Bahia)

Anônimo disse...

-Pelo amor de Deus responda ao coleta "GANDOLA DA BAHIA' - 26 DE NOVEMBRO- 16:49. é TAMBÉM DO MEU INTERESSE.

Anônimo disse...

A Previ precisa fortalecer o Banco para que ele contrate novos funcionários e como conseqëncia terá novos participanetes no seu plano de previdência.
Nós aposentados só lhe causamos dor de cabeça e prejuízos, pois tem que complementar nossa aposentadoria até o fim de nossas vidas. Por isso, a Previ sempre apoiará a distribuição da metade do superávit ao BB, pouco se importando da situação financeira dos aposentados.

MEDEIROS disse...

Gandola da Bahia, ainda é cedo para detalhes, só depois que a area técnica se pronunciar ficaremos sabendo mais. Entretanto, parece evidente que imposto de renda deve incidir, pois haverá aumento de renda. A Cassi também parece, mas o regulamento atual não previa esse benefício extra. Vamos ver a manifestação dela.

Anônimo disse...

Ao anônimo de 27 de novembro de 2010 12:38. A previ, pelo contrário, não tem que fortalecer o banco coisa nenhuma.A missão de qualquer fundo de pensão é pagar os complemntos de aposentadoria e melhorar os benefícios quando houver superávit,está claro? Novos funcionários, são custeados pelos resultados obtidos pelas operações do banco no mercado, como empresa que o banco é. A função da Previ é cumprir com suas obrigações com os aposentados e pensionistas, entendeu?

Ivan Franco disse...

Sr Medeiros,
A AFABB RS não assinou por não concordar? Dizem que seu representante saiu antes alegando horário de voo e então não pode assinar.

Rubem Tiné disse...

Claro que incidirão sobre os reajustes, cobrança proporcional de imposto de renda e CASSI. Já pagamos em cima do superávit de 2007, nas verbas: Proporcionalidade e redução da parcela Previ. É da lei, a previ não pode sonegar.

antonio c f macedo disse...

Caro Franscico
A ANABB pode manifestar surpresa quanto ao meu (nosso) comentário. Nós, infelizmente, já não nos surpreendemos mais com a postura da associação.
Reconheço sim muitos benefícios usufruídos através da ANABB - e por isso ainda me mantenho associado. Mas, lamentavelmente, a nossa associação já nasceu assim, de cima para abaixo, atendendo interesses do grande chefe - leia-se Banco do Brasil. O melhor e inquestionável exemplo é o fato de que nenhuma ação judicial contra o BB e PREVI foi ajuizada até hoje. Enquanto isso os tribunais estão abarrotados dessas ações, trabalhistas e cíveis, abastecendo os bolsos de advogados espalhados pelo país.
Portando, acredite, não nos iludimos mais.




Em 11:38, ANABB < faq@anabb.org.br > escreveu:

Sua resposta foi postada para o seu tema de interesse no Sistema de duvidas do site ANABB.

Pergunta:
Lamentável que a ANABB já esteja anunciando o período de votação sobre o Superávit antes mesmo da apreciação da PREVI. Isso mostra que o acordo já está mesmo fechado. Mais uma vez, os verdadeiros donos da PREVI estão sendo usurpados. E isso tudo com a concordância de quem se diz legítimo representante dos funcionários - e por consequência, dos aposentados - do BB. Lamentável mesm

Pensionista sem voz... disse...

Acho q o texto mais esclarecedor sobre o acordo fechado do Superavit vem do site da FAAB.

http://www.faabb.com.br/Noticia.asp?ID=199

Pelo o q informa o texto, pros benefícios provisórios serão destinados 7,5 bilhões da Reserva Especial:

"Da Reserva Especial Para a Revisão do Plano[1] serão destinados cerca de R$ 7,5 bilhões da reserva especial para um Fundo Previdenciário a ser criado para custear os benefícios destinados aos associados. Serão criados benefícios temporários que serão pagos enquanto durarem os R$ 7,5 bilhões que ficarão depositados neste fundo específico. A previsão é que o fundo dure por até 6 anos."

Não ficou claro se o restante foi direto pro banco ou se será usado pra revisão do Plano, se aprovado, nas negociações do ano ano q vem.

"Não obstante nossos esforços, não conseguimos convencer os órgãos reguladores que uma revisão do plano ou um realinhamento do plano poderia ser feito agora usando parte da Reserva Especial para ajustar as diferenças. Conseguimos um acordo, assinado pelo Banco do Brasil, pelo Ministro do Planejamento, Paulo Bernardo e pelo Secretário Executivo do Ministério da fazenda, Nelson Machado, que em seis meses, a partir de janeiro/2011, esse mesmo grupo se reunirá em processo negocial para avaliar e alterar o regulamento do Plano de Benefícios nº 1."

Tbm descobrimos q mais de 5000 pensionistas recebem da Previ apenas 787 Reais:

"Atualmente cerca de 10.000 pessoas, sendo que dentre essas, 5.750 pensionistas, recebem da Previ o valor do Benefício Mínimo. (...) Hoje o valor da Parcela Previ é R$ 1.968,03, de forma que o menor benefício pago pela Previ é 40% disso, ou R$ 787,21."

Sabendo disso, será inadmissível q o aumento das pensões não seja aprovado ano q vem.

Anônimo disse...

Colega Medeiros ! Um aposentado com 15 anos de BB e mais 20 anos fora do BB percebe mais do INSS
do que da Previ. Como poderia a Previ incluir a parcela do INSS nesses 20 % ? Parabéns pelo blog.
Martinho Worm - Balneário Camboriú (SC).

edson disse...

Sr. Medeiros os 20% vai incidir sobre todas as verbas da Previ e posteriormente em uma nova negociação esse valor temporario que vamos receber pode ser negociado pela parcela previ 360/360.