METAS PARA O ANO NOVO - PAZ

domingo, 2 de janeiro de 2011

Quando inicia o ano é comum fazermos promessas e traçarmos metas. Com relação à família Banco do Brasil acho que uma das metas boas para 2011 seria a da PAZ em todos os corações do funcionalismo, tanto na ativa como doss aposentados e pensionistas.

Senti bastante que o clima de final do ano foi bastante azedo e não consigo conviver com ele.  Não faz parte da mensagem de solidariedade que Jesus nos ensinou e pregou.

Também esse clima de desunião e de ataques paralelos não é bom para a nossa causa  e nossos interesses. Aliás esse foi um dos objetivos maquiavélicos traçados pelos adversários do Banco do Brasil em 1995. Atacar a alma da instituição que é o seu funccionalismo, provocando sua desunião e quebrando o famoso esprit de corps do quadro social.

Não podemos fazer o jogo deles e não devemos nos voltar um contra os outros.

Assim pesando, minha primeira mensagem do ano é de PAZ e SOLIDARIEDADE.

A UNIÃO nasce de sentimentos saudáveis, da educação e da boa intenção, que devem ser cultivadas entre nós, como antigamente acontecia, como uma verdaeira religião, ou, como se dizia, como uma maçonaria.

Faço, portanto, um apelo aqui para que se desarmem os animos e se respeite as opiniões diversas. Não se pode querer que todo mundo pense igual.  Vamoss fazer a pregação de nossas idéias e de nossas revoltas, mas de maneira civilizada e sem ofender ninguém.

De minha parte, como gosto de investigar e perguntar, aos poucos vou sabendo o que aconteceu na PREVI e quem foram os responsáveis diretos e indiretos da frustração do superavit, jogando o crédito para janeiro de 2011..  A diretoria da PREVI deve ser cobrada para dar explicações. Só atirar a culpa para a PREVIC não os isenta.

Mas se continuar esse clima hostil entre nós eu vou desistir dessa questão do superavit e tratar de outros assuntos no blog, mais amenos e agradáveis.

Portanto, caros colegas, conclamo a todos para PAZ e AMOR em 2011, Sem os quais nunca haverá UNIÃO entre nós, para gaudio dos adversários do BB e a culminação de seu projeto maquiavélico.

Pensem seriamente nisso.

E AÍ CERTAMENTE TEREMOS UM FELIZ ANO NOVO.

22 comentários:

ELIAS disse...

Caro Medeiros,
Nem tudo são flores. É preferível a crítica sincera, que nos faz crescer, ao elogio sutil que, muitas vezes, é uma forma de nos destruir.
Íntegro, culto, honrado e inteligente como é Você , certamente não se deixará abater por alguns poucos e maldosos comentários que são dirigidos, talvez, por nossos adversários.
De outra parte, sua ameaça de abandonar o assunto Superávit me deixa um tanto desnortea-do. Haja vista que, justamente, o SUPERÁVIT é para nós (Aposentados e Pensionistas) assunto de extrema relevância. Não só porque há possibilidade de receber mos uma pequena quantia de dinheiro (como é o meu caso), mas porque claramente estão se “apropriando” indevidamente de nossos Direitos. Isso, creio, pode redundar em conseqüências desastrosas para Nossas Aposentadorias e Pensões. Espero estar absolutamente equivocado.
Medeiros, com seu conhecimento e habilidade pode, individual ou em associação com outros do mesmo naipe, fazer a diferença nesta luta dos Davis (Aposentados e Pensionistas) contra os Golias (BB, Previ, Governo). Devemos marchar UNIDOS.
Penso que seu aceno de bandeira branca (paz entre nós) não pode ser estendido aos Golias, pois a Eles não podemos dar trégua (a não ser uma forma estratégica de luta) e “jamais nos entregar para os home”.
A Você e aos Blogueiros muito sucesso, alegria e felicidade neste 2011.
Paz e Bem!

Anônimo disse...

Concordo com o senhor em todas as suas colocaçoes, näo devemos nos exaltar e jogar esta frustaçao de muitos sobre nossas proprias cabeças.
Ja estamos num novo ano, vamos esquecer nossa decepçao do tal credito inicial em dezembro, isto ja ficou no passado.
Estou com o senhor, vamos ver la pelas bandas da Previ porque estao demorando e enrolando nosso pagamento, a coisa é simples e direta.

Forte abraço Daniel Silveira

edson disse...

Bom dia pra todos, Feliz Ano Novo pra todos e que DEUS ajude a todos.

Papelão de nossos representantes e nem um adiantamento foi feito.

Quanta ganância num mundo de mentira!

Edson RJ

Jorge Teixeira - Araruama (RJ) disse...

Colega Medeiros,
Concordo em gênero, número e grau com as suas palavras. Vale registrar que tinha observado esse clima de quanto pior melhor já há algum tempo. Tenho por hábito não cultuar ofensas pessoais e nem me alimentar de bate bocas sem quaisquer tipo de sentido. Entendo que os blogs foram criados para que as pessoas exponham com simplicidade, clareza e objetividade os seus pontos de vista e, a partir daí, com as discordâncias que podem e devem surgir - paixões contidas - se consiga alcançar uma posição de consenso sobre determinado tema ou proposta postos em discussão. Confesso que não consigo entender determinadas posições que as pessoas assumem visando exclusivamente atacar e ofender a honra alheia. Com toda certeza nunca sairão da posição permanente e muito cômoda de “pedra” já que não têm o menor desejo e nem tampouco vocação para se tornarem um dia uma “vidraça”.

Anônimo disse...

Doutor Medeiros.

Para mim a Previ mais uma vez agiu conforme a passividade dos nossos negociadores,eles foram os únicos responsaveis pelo não recebimento ainda em 2010 dos valores acordados nesse prebicito fajuto e que deu total legalidade a esta farsa chamada resolução CGPC26.

Muita coisa deve mudar para 2011, a começar por um compromisso público das entidades representativas Faabb, Afa-RS e as Demais associações como a Anabb e a Contraf Cut no sentido de pagarem os valores devidos aos aposentados e pensionistas que já esperam demais por tão pouco.

Não esta certo a previ alarder que implementou parte dos benefícios e não a sua totalidade alegando apenas que ainda nao saiu nenhum valor dos cofres da previ para pagamento do acordo,e que as verbas incorporadas já eram fruto da negociação passada e que estava sendo paga a quem de direito.

Ja estamos em janeiro de 2011 e qual o calendário para pagamento,a previc aprovou ou não o acordo,não temos de quem cobrar, não temos aonde conseguir tais informações e estamos a aproximadamente 10 dias do fechamento da folha de pagamento de janeiro. e a incerteza é presente nas nossas famílias.

PAZ E AMOR SIM DOUTOR MEDEIROS INJUSTIÇA NÃO, ESSE MASSACRE TEM QUE TER FIM !!!

Amadeu Tamandaré

Anônimo disse...

Medeiros hoje dia 03 de janeiro de 2011 não sabemos que vamos receber ou não os valores do superávit.

O Senhor sempre foi o elo de ligação dos colegas aposentados e das pensionistas menos abastados,é certo que vamos receber afinal o BB tem pressa para continuar suas aquisições no exterior e visa lucro aos extremo aos acionistas.

A Diretoria da Previ esta acostumada a protelar o pagamento no que diz respeito a benefício aos seus legítmos donos,perguntado o ex presidente da Previ sobre o pagamento do Cesta alimentação ele disse que a Previ iria recorrer até as últimas instancias do judiciario para não pagar este benefício aos aposentados e pensionistas da previ.

O Flores até agora teve uma atuação apagada diante dos recursos volumosos da previ,parece eu disse parece que ele esta muito mais preocupado com os gordos proventos recebidos por seus serviços prestados ao nosso Patrocinador.

Será substituido? sera remanejado ? Pela pouca expressividade evidenciada com toda certeza esta com seus dias contados.

Vamos Aguardar nestes primeiros meses muita coisa irá mudar o PMDB já demostro que esta querendo a PREVIC será mesmo que o nosso superávit esta garantido?????

Tenho as minhas dúvidas.

Maria do Socorro

Anônimo disse...

Como ter Paz e Amor com os cobradores batendo a porta?

A Previ mudou de 5.5% para 5% a taxa atuarial que remunera os produtos ES e Financiamento Imobiliario,por obrigação ela não teria que abrir uma renovação extra para que todos os mutuarios possa renovar seus empréstimos com uma taxa menor e consequentemente pagando menos ou diminuindo o valor das prestações não seria essa uma medida administrativa Doutor Medeiros.

Anônimo disse...

Colega Medeiros

As despesas típicas de início de ano começam a bater na porta dos brasileiros. Com a transição de governo, dizem os especialistas, 2011 é considerado um ano de incertezas em relação ao futuro da economia, principalmente por conta do processo inflacionário. Contas como Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), matrícula e material escolar já que muitos de nós aposentados e pensionista da Previ ajuadamos nossos filhos nesta tarefa, e aluguel, entre outras, já apresentam seus reajustes e, por isso, comprometem a renda dos cidadãos.
O que podemos esperar Colega Medeiros priore estas informações para que possamos nos tranquilizar muitos colegas ja estão dizendo que só veremos esse acordo implementado na folha de MARÇO DE 2011,porque o BRASIL só começa a trabalhar após o carnaval.

Será apenas mais um boato.

Jorge Vittorazzi.

Anônimo disse...

Prezado Medeiros, somente para informa-lo, um colega fez contato hoje com a Previ, para saber sobre credito do superavit e a resposta foi "gelada", sem nenhuma previsao, nao depende deles, mas dos orgaos do governo, eles continuam dizendo que estao agilizando e etc,etc,etc...
Veja bem sr.Medeiros, sem nenhuma previsao, mas isto é muita falta de respeito conosco, continuamos no "escuro" sem ver a luz no fim do tunel.
Nao podemos nos programar para nada, temos que somente aguardar e aguardar...
Pelo menos temos a sua pessoa para trazer-nos sempre alguma informaçao.

Abraço Guilherme

prcirne disse...

Dr Medeiros,

rogo-lhe para que não ligue para as críticas dos insensatos! Alguns poucos querem jogar nos outros suas frustações pessoais.O Sr merece toda a confiança e a pesar do crédito do superavit não ter sido reembolsado,a culpa não é nada sua.Pelo contrário,sempre nos dirige uma palavra de acalanto! Que reclamem com a Previ!O Sr têm toda razão:precisamos de união!Um grande abraço.

Anônimo disse...

Tudo neste país é cercado de burocracia. Há entraves para tudo e sequer é justo creditar a conta do atraso no pagamento dos 20% sobre os ombros dos colegas que atuam na PREVI. Internet é assim mesmo, fica fácil criticar, soltar os cães, botar a boca no trombone. Mas, por um segundo, vamos nos colocar no lugar dos que trabalham na Previ e vivenciam todas as burocracias para soltar o crédito.

MEDEIROS disse...

Paz e amor não é com oss dirigentes da PREVI. Com eles é guerra mesmo, porque não estão agindo bem conosco, nem cumprindo eficientemente seus deveres. Paz e amor é entre nós, quadro social, funcionários da ativa, aposentados e pensionistas, associaçõess, grupos.
No final do ano tinha tudo para sair um adiantamento. Consta que alguns diretores não quiseram correr o risco, entre eles um eleito. Vamos apurar o fato. Agora só falta um órgão aprovar, o Minisério da Fazenda, depois a PREVIC, que, segundo consta, já examinou o assunto. Não podem enrolar por muito mais tempo. Não existe clima para maiores delongas.

Anônimo disse...

E tudo balela,antes do plebiscito a Previc foi consultada lembram?E ela deu aval para o acordo.Por que a demora?Por que esperaram entrar 2011 com a fajuta explicaçao de que depende da Previc?
Rogo a Deus que a votaçao seja anulada.
Quem sabe?
Sandra

Anônimo disse...

Mas Dr.Medeiros, agora podem alegar perfeitamente que o NOVO Ministerio da Fazenda é que podera demorar dias para aprovar.
Eu confio na sua boa vontade e nas imformaçoes sempre atualizadas que o senhor possui, mas para ser franco, eu por vias das duvidas nao vou esperar, vou recorrer ao ES e sair de ferias.
Para mim o credito somente em 20/01, com esta turma la da Previ näo vem antes.
Se o senhor achar que existe alguma minima possibilidade de vir antes nos avise.

Grande abraço Vitor Hugo

Anônimo disse...

Não, prezado Doutor Medeiros. Nada de Guerra. O estimado doutor já esteve lá dentro das entranhas da Previ e sabe como são as coisas. Estou convicto de que cada um faz tudo o que pode, inclusive o Doutor fez tudo o que podia quando lá esteve, no Olho do Furacão.

Anônimo disse...

Caro Dr.Medeiros,um colega do Banco, ai da sua area, que inclusive diz que o conhece e o elogiou bastante, declarou que era mais obvio que nao iam creditar nada em dezembro.
E disse que com toda certeza o credito vira na FOPAG de janeiro e nao antes, ha nao ser que haja alguma pressao interna para rodar folha suplementar.
Disse que o senhor que tem sempre informacoes dos seus colegas da Previ ja deva saber que agora somente mesmo aguardar dia 20/01.

Abraço Natanael Vieira

Anônimo disse...

Dr. Medeiros, não tenho procuraçao para responder pelos aposentados que o ofendem ou agridem.Peço, que, se possivel, que nao publique os comentarios agressivos ou tumultuadores, pois prescisamos de seu apoio, conhecimento e influencia junto aos orgaos Previ, BB, Previc. Obrigado por todo o seu empenho dispendido por nós, aposentados. Um ano de 2011 cheio de saude, principalmente e entendimento. Saudaçoes.

othon disse...

Prezado Medeiros, lembro que “os adversários do BB” em 1995, deram início as demissões maquiavélicas, tidas como voluntárias, deixando milhares de pais de família sem emprego e sem a maior parte de suas reservas(2/3) naquele fundo de pensão e que o Camilo, ex-presidente da ANABB, não se cansa de lembrar e que mesmo assim eles ficaram de fora desta partilha. Como o Senhor “gosta de investigar e perguntar”, peço para descobrir o porquê os ex-funcionários que também têm uma grande fatia deste dinheiro ficaram de fora?
Grato e feliz 2011.
Othon F Freitas

Anônimo disse...

Amigo Medeiros e demais colegas

Realmente o clima das discussões piorou muito. Tenho visto comentários bastante deselegantes de colegas criticando colegas. Acho que não é por aí. TEmos que respeitar os opiniões divergentes.
Tem muita gente criticando dirigentes do Banco, da PREVI, da ANABB. Isso não leva a nada. È perda de tempo ficar chorando o leite derramado. Apenas nos desgasta emocionalmente.

Outra questão: Vamos mudar o foco para o realinhamento de nossos befenícios;
procurar saber quem comporára comissão de estudos; procurar saber também qual a pauta das discussões, exigir que a comissão comece seus trabalhos o mais rápiro possível, etc.

Luis Eustáquio de Castro - Araxá-MG

Anônimo disse...

Estimado Medeiros, a unica coisa que questiono e esta novela da Previ ficar noticiando tipo "conta gotas" la no site. Ora, vamos ser francos, queremos saber diretamente em quantos dias vamos receber nosso credito.
Que digam, somente em 20/01 e pronto, queremos transparencia de informaçoes.
Chega de foi para la, veio para cá, voltou para lá...
Todo mundo esta frustado em parte porque para um suspense no ar.
Afinal roda folha suplementar antes ou somente na fopag de janeiro? Viu, pergunta simples.

Abraço Milton Gouveia

Portal Anjo disse...

Bom, Doutor Medeiros, eu tenho lido os comentarios postados aqui, gostaria de dizer em primeiro lugar, que de maneira nenhuma quero passar por cima de qualquer informaçao que o senhor possa nos repassar, mas ate onde eu sei, neste exato momento, e discordando sobre a maioria, que em outros blogs tem atirado pedras diarias na vidraça da Previ, seus diretores sentem o peso da pressáo e a grande responsabilidade que carregam, estao agilizando SIM com a rapidez que podem, porque näo depende somente deles, o pagamento deste credito inicial aos participantes. A grande possibilidade de rodarem folha suplementar bem antes de 20/01.
So näo dou meu palpite, pois isto deixo exclusivamente para a Previ e seus diretoes.
Mas, deixo um conselho, aliviem os animos, porque o credito esta na reta final, näo pensem ou julguem todos lá na Previ como pessoas sem coraçao e interessadas somente no bem estar delas mesmas, como colega de voces, peço tambem PAZ e solidariedade, talvez so um pouquinho de paciencia, sei que näo é facil, mas unidos sejamos todos uma grande força positiva, logo ali o SOL voltara a brilhar.

Eu Dilson saudo aos colegas de Banco e desejo acima de tudo muita saude a voces e seus familiares para que todas as manhas vejam o SOL nascer no horizonte dos vossos coraçoes.
Tenham FÉ, sempre FÉ!!

Anônimo disse...

Amigos vocês estão com a razão. Eu desisti de ler o outro blog... Lá o nível é muito baixo, a começar do titular do blog que só fomenta intriga contra tudo e contra todos. Somente o Dr Medeiros que já foi Presidente do Conselho Fiscal da Previ sabe o quanto é dificil negociar com o Banco. Nossos colegas que estão lá na Previ estão, como disse o anônimo, no Olho do Furacão. Ficar de fora atirando pedras é muito fácil. Se estivesse lá, na mesa com o BB iria ficar sabendo o quanto o Banco é soberano, duro, desde os tempos do Chefe de Pessoal Abreu...