PREVI DECEPCIONA MAIS UMA VEZ MAS NÃO PERCA AS ESPERANÇAS: PRESSÃO NELES

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Realmente mais uma frustração por parte da diretoria da PREVI e respectivos conselhos. Saiu a nota prevista, a coruja piou, mas não foi a notícia que todos aguardávamos, anunciando a data do crédito ou sequer dando detalhes do andamento do processo. Foi um pio soturno, gélido, seco, demonstrando mais uma vez a insensibilidade dessa atual diretoria que não consegue ou não quer interpretar os anseios do quadro social.

Recebi inúmeras mensagens e telefonemas perguntando o que eu acho e se existem esperanças ainda.  Vou dizer o que eu acho e depois vou me calar para sempre sobre o assunto superavit que não merece mais que se escreva sobre ele, mas que passemos para a ação.  Não sou de chorar por frustração, somente por emoção. Gosto de ação.  A diretoria da Previ com essas notas lacônicas e infelizes conseguiu irritar a mim e a muita gente. Será que é isso que eles querem ?  Alguns acham que sim, que se divertem com nosso aborrecimento.

Perdemos uma excelente oportunidade de dar uma lição neles votando não e agora eles se aproveitam da ingenuidade e boa fé dos que votaram sim acreditando na diretoria na Previ que acenou para o pagamento em dezembro e para a diretoria do BB que falou no pagamento em janeiro.  Se o Não tivesse ganho teríamos mais vantagens e exigiriamos pagamento imediato sob forma de adiantamento. Pressionados pelo encerramento do exercício o BB e a Previ teriam que aceitar nossas condições. Falei nisso na época, mas agora não adianta chorar sobre o leite derramado.  Vamos para o que interessa.

O que acho ?

Primeiro, a nota é reveladora da insensibilidade da diretoria da Previ para com o quadro social. Não procurou dar tranquilidade.

Segundo, a nota é reveladora do desprestígio da atual diretoria, inclusive presidente Flores, perante o Ministro da Fazenda Guido Mantega, que não se olvida do golpe do dossiê empregado pela turma do Sergio Rosa contra seu candidato à presidencia da Previ, o vice presidente do BB Paulo Caffarelli.  Permanece na diretoria o Sasseron, que pertence ao grupo que queria Joilson na presidência da Previ. Lembram que no episódio foi maculasdo o nome da filha do Ministro Mantega. Confessar que acompanha diariamente o trâmite do processo no Ministério, que lá se encontra desde dezembro, e não conseguir o despacho final é uma confissão de desprestígio, certamente.

Terceiro, a nota é reveladora da arrogância da diretoria. Ela não acredita nas ações dos associados do fundo nem de suas associações.

O que fiz ?

Voltei a ligar para a fonte que me pareceu mais segura a respeito do assunto. E aí ? O assunto continua trancado.

A resposta foi tranquilizadora. O Chefe falou que seria pago ainda em janeiro. Acredite.

Como sou como a velhinha de Taubaté, do Luiz Fernando Veríssimo, continuarei acreditando até o dia 31 de janeiro, confiando ainda que o crédito sairá antes, com certeza.

O que voces devem fazer ?

Especialmente para uma pensionista desesperada que me telefonou, digo que devem escrever para tudo quanto é lado reclamando. Para o presidente, diretores e conselheiros da Previ, para o presidente e diretores do BB, para o Ministro Mantega, Paulo Bernardo e Palocci, para onde voces acharem que devam extravasar seus sentimentos e sua indignação. Essa pressão e essa manifestação é necessária pois existe uma versão de que é apenas uma meia duzia que reclama. A grande maioria fica silente. Sinceramente, é hora de botar a boca no tronbone, eletronicamente ou pelo correio mesmo.

O que vai acontecer ?

Continuo otimista e achando que tudo vai acontecer bonitinho e neste mes. Tem que acontecer !  Foi assinado um acordo, que foi submetido a plebiscito, divulgado na imprensa, de conhecimento público, inclusive do mercado. Está demorando demasiado para meu gosto mas tem que sair, o quanto antes.  Não pode existir desesperança entre nós.  Luta sim, pressão sim, mas desesperança nunca.

Agora se não sair neste mes eu peço licença para dar uma sugestão aos diretores e conselheiros da Previ. Leiam os comentários que saem no blog, muitos eu não me animo a publicar, e sintam o clima reinante.  E – essa é a minha sincera sugestão – façam como o Ronaldinho gaucho, contratem seguranças pessoais. Dos bons, certamente voces vão precisar. E vejam isso jamais é uma ameaça minha, não faz meu estilo, mas um conselho de quem não quer que aconteça nenhuma desgraça pessoal nesse triste e amargo episódio do superavit. Está mais do que na hora de acordar, acordar no sentido de despertar, porque o acordo infelizmente já foi fechado. Pois que o cumpram.

E , desculpem, não falarei mais sobre o superavit, a não ser que surjam fatos novos.

E´ o que penso salvo melhor juízo. Não vou revisar o texto, essa nota realmente mexeu com os meus brios e meu humor.

DELENDA CARTHAGO – CREDITO DO SUPERAVIT JA

30 comentários:

Xandy disse...

Legal a postagem, e não esquece de avisar o pessoal sobre as mudanças...avisa os que te seguem para que refaçam o registro...abraço...

Anônimo disse...

MENU DO RODAPÉ

* Notícias
* Publicações
o Revista PREVI
o infPREVI
o Relatórios
o PREVI in English
* Imprensa
o Assessoria
o Releases
o Fotos
o Marcas
* Glossário
* Ajuda
* Segurança
* Política de Privacidade
* Links
* Mapa do site



Página Inicial > Notícias
Fonte menor Fonte maior Voltar voltar

Aposentados são homenageados no dia 24

A Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar, Abrapp, com o apoio do Sindapp, vai promover homenagem ao Dia do Aposentado no próximo dia 24/1, das 13h30 às 17h, no Rio de Janeiro . Este é o primeiro grande evento que a Abrapp promove em 2011 e é muito simbólico, uma vez que diz respeito à própria razão de existir dos fundos de pensão. Em breve, a PREVI divulga o(s) nome(s) dos assistidos indicados para receber essa homenagem.

Quem serão os felizardos a serem homenageados?
Será que a grana sai nesse dia?

José Manoel de Sorocaba(SP)

Anônimo disse...

Dr Medeiros,
Obrigado pela força, são pessoas como o senhor e outros guerreiros que nos fazem acreditar que ainda conseguiremos. Aprendi a respeitá-lo e continuo a dizer que quero estar entre os seus um milhão de amigos.
Josué Jorge Jr - PR

Anônimo disse...

Não ajuda em nada criar um clima de guerra e ameaças pessoais de violência. Acredito que ninguem manda no Ministério e somente aquele órgão pode despachar a aprovação.

Blog do vovô disse...

Buenas Medeiros.
Compadre, que susto. Pensei que tinhas desistido da peleia. Mas como te aconselhei, estas apenas te preservando. Muito bem. Acho que pisei nos calos de alguém do outro blog, pois tive minhas mensagens censuradas, quando disse algumas verdades por lá. Mas não vou mais participar daquele daquela briga de foice no escuro. Saudações coloradas pela não contratação do Ronaldinho. De que fria vocês se escaparam hein?
Um forte abraço e muita saude.
Tche, tenho uma filha que mora e trabalha aí em Poa. Vou seguidamente, e gostaria de te conhecer pessoalmente.
Jose F. Rovere

Anônimo disse...

Prezado colega Medeiros, eu lhe avisei que tinha gente da Previ, dizendo que so podia rir das lamurias dos participantes postadas nos blogs.
O colega achou que isto talvez fosse exagero.
Um outro colega, muito amigo meu declarou que o Flores e outros que se julgam neste momento os "Al Capones" da Previ, nao se importam e nao aceitam interferencia externa, somente se for do proprio governo.
Declaram em bom tom o seguinte:
"A Previ vai pagar, mas sera quando nós determinarmos"
Isto é um fato, que bom o colega poder, talvez agora, ENXERGAR o carater e o orgulho de alguns la da Previ.
Poderiam pagar na folha de janeiro? SIM, SIM, SIM...CLARO.
Mas depende do humor de alguns, pois ELES tem o poder de agilizar o processo em poucos dias, e o colega sabe disso.
De minha parte, eu ja fiz o papel de FOFOQUEIRO, nao devo ter ajudado muito, mas concordo com o colega, somente a Casa Civil e a propria Presidente Dilma para conseguir confirmar credito em janeiro.
Sejam rapidos nas suas mensagens,telefonemas e e-mails...
Colega Medeiros, voce realmente é um grande "heroi" dos aposentados, se soubessem do seu reto carater e dos seus esforços nesta questao do superavit.
Nao abandone a velha guarda e as pensionistas, mantenha a informaçao, para esperança de muitos contnuar viva.

Roberto Campos

Jorge Teixeira - Araruama (RJ) disse...

Colega Medeiros,
O colega Juarez Barbosa, mediador do blog Previ-Plano “1” Em Foco (http://www.previpb1emfoco.blogspot.com/), teve uma ótima iniciativa ao se dirigir diretamente à Ouvidoria do Ministério da Fazenda solicitando esclarecimentos sobre o trâmite do processo relativo à distribuição da nossa reserva especial. Seguindo o mesmo caminho postei também a mensagem abaixo transcrita, de minha autoria, procurando cutucar ainda mais aquela Ouvidoria com o intuito de sabermos o que realmente se oferece a respeito.
“Sou funcionário aposentado e recebo benefícios da Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil-Previ. No final do ano passado as entidades representativas de funcionários, representantes do Ministério da Fazenda e Planejamento, além da Previc, discutiram e acordaram a distribuição da reserva especial para revisão do nosso plano de benefícios "1" significando algo em torno de 15 bilhões de reais. O patrocinador Banco do Brasil se tornou meeiro dessa distribuição. O processo deve percorrer, de acordo com os trâmites legais, diversas instâncias sendo esse Minifaz a penúltima delas antes do destino final que é a Previc. Agradeceria se essa Ouvidoria informasse o que se oferece a respeito já que a Previ informa que o processo se encontra ainda em poder desse Ministério da Fazenda estando, dessa forma, impedida de creditar os valores previamente acordados nas contas de todos os aposentados e pensionistas da Previ. Ficarei no aguardo de sua breve, importante e oportuna manifestação”. Informo abaixo o endereço virtual da Ouvidoria do Minifaz:
https://portal.ouvidoria.fazenda.gov.br/sisouvidor/autoatendimento/consulta/formularioConsultaMensagem.jsp

Anônimo disse...

oi medeiros
o pessoal naõ está conseguindo acessar o seu blog, o que está acontecendo

Jorge Teixeira - Araruama (RJ) disse...

Colega Medeiros,
Assisti pela televisão toda a apresentação oficial do Ronaldinho Gaúcho para a torcida do Flamengo, realizada no estádio da nação lá no bairro da Gávea no Rio de Janeiro. Podia se sentir no olhar de cada um dos estimados vinte mil torcedores presentes a alegria e a esperança de dias melhores em 2011 para a massa do mais querido. Pois é, uma massa aproximadamente seis vezes maior do que o público que esteve lá na Gávea ficaria tão ou mais satisfeita ainda caso os dirigentes do nosso fundo de pensão cuidassem para que o crédito dos valores que nos são devidos fosse feito ainda em janeiro/2011, se possível até o dia 20. É isso ou será que eu estou errado?

Anônimo disse...

Mas o Senhor não disse que a Casa Civil lhe informou que o Crédito sairá na quarta feira?

Ronaldo F. Moreira disse...

Caro Medeiros,

No mínimo, uma falta de consideração a mudança sem aviso aos seguidores.
Ronaldo Moreira

Anônimo disse...

Mas colega Medeiros, sem querer cobrar nada e nem levantar polemica, mas apenas para entender, o Palocci nao disse que ate dia 14 saia alguma coisa?

Julio disse...

Prezado Medeiros,

Votei NÃO e fiz campanha ostensiva aqui na minha cidade, tudo em vão, o sim ganhou de lavada, agora é tarde, entregamos nosso tesouro aos mensaleiros sem qualquer reação. Quanta ingenuidade!
Estamos sob o jugo de um governo "socialista", gente que nunca respeita Lei, portanto, não adianta esbravejar cotra a PREVI ou BB, nosso inimigo é o Governo Federal, o dono do Banco, de onde sai as deliberações, e pior, Eles acham nossa situação social favorável num país de miseráveis; vejamos o que diz a História, por onde passaram, assolaram as classes operárias de melhor situação em detrimento aos estratos inferiores, não esperemos coisa boa num horizonte vermelho. Nunca esquecer da fábula de Orwell: "A revolução dos bichos", estamos quase chegando lá, onde os privilegiados continuam numa boa enquanto a ralé... Na juventude fui até simpatizante, hoje só em ouvir falar da horda sectária que medonhamente se apossou do poder, sinto Medo.

Julio H. Honorato

José Roberto Eiras Henriques disse...

Medeiros,

Não se desanime, sempre haverá pedras em nosso caminho. Umas pequenas outras enormes. Para superar esses obstáculos temos o auxilio de nossa força, de nossa persistencia funcionando como uma alavanca e nos ajudando a remover esses entraves.

Não se fixe nos obstáculos. Procure a Magia!

Siga em frente pois:

NÃO TÁ MORTO QUEM PELEIA!!!

Anônimo disse...

Prezado Dr.Medeiros, estava tudo pronto para rodar a folha no Natal, depois no Ano Novo mas eu pergunto: nao se dependia igualmente destes orgaos do governo para o parecer final? Estranho näo?
Passaram informaçoes equivocadas a sua pessoa, somente para ver mesmo a decepçao e prejudicar ate a sua imagem com os aposentados?
Bem, caro doutor, a mensagem da diretoria da Previ a mim parece muito clara: "
Nós temos o PODER e pagamos quando assim desejarmos.
Damos esclarecimentos se quisermos, agilizamos o processo ao nosso bel prazer e pagamos em janeiro se convier." (se estivermos de bom humor agilizamos, mas como estao nos apuriando...)

Tiveram todas as condiçoes de conseguir garantir o credito neste dia 20, se nao vao honrar este compromisso, sao pessoas despreparadas para estes cargos, ja que tratam com pessoas idosas que tem prioridade, e ,com isto, rasgam o estatuto do idoso.
Podem estar programando o credito ainda na folha de janeiro, porem a ultima nota depois da reuniao, pareceu-me quase um aviso, que nao vira este credito.
Podiam perfeitamente falar com o GOVERNO e antecipar o credito mesmo sem aprovaçao, mas duvido que isto aconteça.
Lamento profundamente pelo meus colegas em condiçoes financeiras precarias que confiaram na Previ e nas palavras destes diretores.
Vao amargar um janeiro terrivel.
Nao percam a esperança!!

Hugo Couto Menezes

Anônimo disse...

Olha, meu bom e zeloso Medeiros, esta frase: "Nao percam a esperança"
Francamente, nao quero ser deselegante ou amargo, mas diga isto primeiramente ao meu gerente de contas que é uma pessoa agradavel e simpatica, porem DURO quando se trata de ficar devendo para o banco e FRIO quando cheques entram sem fundos na conta.
ja vi o tratamento dispensado para um colega meu por conta do atraso numa fatura do cartao e sem exagero fiquei surpreso com a falta de sensibilidade nestas horas, mudou da agua para o vinho, e pelo jeito sou o proximo da fila.
Entao, se o credito vier somente no fim de janeiro, para mim ja vou estar com a porteira estourada, pisado pela boiada e com a reputaçao nos pes da egua, se me faço compreender colega Medeiros.
E ai, a Previ e toda esta gestao pode ir...pra BAGDA!!!!!!

Airton Mello

lourdes disse...

não estamos conseguindo acesar o seu blog no endereço antigo. O que ocorre?

Anônimo disse...

FICA COMPLICADO ACREDITAR NO QUE O CHEFE FALOU, POIS JA NAO HAVIAM DITO QUE COM CERTEZA NESTA SEMANA SAIRIA, PROVAVELMENTE ATE DIA 14.
POIS É, AGORA JA ESTAMOS FALANDO COM OTIMISMO ATE EM 31 DE JANEIRO.
POBRES DOS VELHINHOS, ESTAO MAIS PERDIDOS QUE CEGOS EM TIROTEIO, QUEM SERA QUE VERDADEIRAMENTE DARA UM FIM NESTE CONTO DO CREDITO QUE JA DURA QUASE 1 MES, VIROU UM CONTO DE TERROR.
E A TURMA DA PREVI FAZ REUNIAO E CONTA A MESMA HISTORIA BATITA, NEM PRECISAVAM FALAR NADA ENTAO.
ESTE TRISTE EPISODIO VAI REFLETIR NO FUTURO DA PREVI, DESTA VEZ DUVIDO QUE OS VELHINHOS ESQUECERAM, VAO PASSAR APERTOS E VERGONHA.
E VOCE, MEU DISTINDO DOUTOR JOSE MEDEIROS, TEM QUE CONTNUAR SENDO ESTE FAROL DE ESPERANÇA PARA OS QUE ESTAO COMEÇANDO A FICAR COM SEUS LAMPIOES JA SEM OLEO. VOCE BEM SABE QUE MUITOS CONFIAM QUE VOCE AINDA VAI REVERTER ESTE QUADRO, MESMO SE SABENDO QUE VAMOS ATE ONDE NOSSO LIMITE ALCANÇA.
ACHO TAMBEM QUE A PRESSAO DEVE SER MANTIDA, POIS EM 1 SEMANA COM BOA VONTADE PODE-SE MUDAR TUDO.
O PROBLEMA E ESTA PEQUENA EXPRESSAO: "BOA VONTADE"

BERNARDO ORTEGA

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Caro Medeiros.

Seus fiéis seguidores estão com dificuldades para acessar seu Blog pelo novo link.

Atenciosamente,

Marcos Cordeiro de Andrade
(www.previplano1.com.br)

Anônimo disse...

Prezado 007 agente Medeiros (brincadeiras a parte viu colega)

A missao é impossivel, refiro-me ao credito no dia 20.
Eu, voce e os que conviveram com a Dilma aqui no RS, sabemos o estilo de sargentao dela, apesar de ter um grande coraçao, mas em serviço cobra agilidade.
INFELIZMENTE, a unica opçao é uma fonte que consiga furar o atual bloqueio de contato, afim de conseguir falar com ela, relatando o problema sob a otica dos aposentados e pensionistas.
Nao ha outra soluçao neste momento.
Para resolver em regime de urgencia somente transpassando os limites.

Abraço dignissimo Dr.Medeiros

Paulo Figueredo

Anônimo disse...

Um de seus melhores textos, sem dúvida. Cheio de autenticidade e indignação, pois não podia ser de outro modo. Como seria tudo melhor se os ditos nossos representantes cumprissem suas obrigações e se espelhassem na sua conduta?

LUIZ FERNANDO disse...

ao amigo MEDEIROS, quanto ao seu comentário, de que deveremos receber menos o superavit em jan do que dezembro, relembro duas coisas. Isto acontecerá com os pré-97, já que os pós-97 nao se ve vinculo do beneficio INSS com o da PREVI,porém os pós-97, tem uma certa PARCELA PREVI,que nos abocanha igual ou maior que o leão do I.R. . Outro ponto, se o superávit já está apartado conclui-se que esses 6%, no final sobrará, dando aí esperanças que passe os 5 anos de distribuição.

Jorge Teixeira - Araruama (RJ) disse...

Colega Medeiros,
Informo abaixo o endereço virtual da Ouvidoria do Ministério da Fazenda para onde, caso seja do interesse, poderão ser solicitadas informações acerca do trâmite do processo de distribuição da reserva especial do nosso “PB-1”:
Ouvidoria do Minifaz:
https://portal.ouvidoria.fazenda.gov.br/sisouvidor/autoatendimento/consulta/formularioConsultaMensagem.jsp

Anônimo disse...

É, prezado colega Medeiros, parece que a casa vai cair para os participantes da Previ.
Tudo indica, ao menos ate o momento, que nao sai o credito nem amanha e nem dia 20.
A Previ agora pode colocar a culpa na burocracia do governo, mas na epoca da votaçao do acordo o discurso era outro.
Estou vendo muitos colegas extremamente aborrecidos, exaltados e revoltados.
Temo que apos dia 20, caso se confirme que o credito nao veio, a coisa possa mesmo tender ate a um colega mais exaltado e sob pressao passoal fazer algum ato mais grave.
Lamentavel tudo isto, gostaria imensamente que resolvessem este impasse ate 20 de janeiro.
ja presenciei ontem um colega nosso se irritar ate com um simples atendente do BB, como se ele tivesse alguma culpa desta situaçao, imagine entao se um gerente ou adjunto cobrar alguma pendencia financeira atrasada, pode desencadear uma reaçao inesperada de algum colega, estejam atentos!

Julio Bergman (gerente aposentado)

Anônimo disse...

Bom dia, Dr.Medeiros, eu sou pensionista, e diante deste atraso e possibilidade de dia 20 nao ter o credito, aguardarei aindo com a minima esperança ate dia 17/01, segunda feira por alguma boa noticia, depois disto vou dirigir-me a uma financeira e ser obrigada a tirar um emprestimo pessoal com cheques, a soma de R$3000,00 pagarei um total de R$5600,00 no final, ja que nao tenho limite no ES/Previ, e o Banco tambem retirou sem aviso o CDC, deixando limite apenas para compra de veiculos e uma limite irrisorio para cdc crediario.
Infelizmente preciso honrar chequesm cartoes de credito e outros compromissos assumidos para janeiro, e se continuar esperando pela agilidade que prometeram com certeza vou parar pela primeira vez na VIDA no SPC E SERASA.
Tudo isto porque acreditei e tive otimismo que a Previ ia cumprir ao menos na folha de janeiro com a sua parte.
Desculpe o meu desabafo, acho que o senhor ja deve estar cansado destes depoimentos, mas minha esperança que alguem influente possa ler e ter a dignidade humana de fazer um milagre acontecer.

Carmen Gomes

Anônimo disse...

Colega Medeiros, esta mais que caracterizado, que a atual situaçao requer medidas urgentes para solucionar o problema que milhares de colegas vao enfrentar por conta do atraso na implantaçao do novo regulamento.
Penso que deveriam buscar uma maneira de fazer um adiantamento destes beneficios no dia 20, por se tratar de prioridade com os idosos. Nestes termos, ha de se fazer excessoes.
Qualquer juiz ou autoridade comprometido com a ordem, a etica e a dignidade humana daria autorizaçao para isto.

Alvaro Mascarenhas

Anônimo disse...

So nao entendo que a Casa Civil, havia dito, esta semana, sexta dia 14, agora mudaram o discurso para fim de janeiro e citam "tranquilidade"?
Nem tenho palavras...

Ricardo Souza

Rubem Tiné disse...

Só tem uma solução: PRESSÃO. Nós aposentados sairmos do marasmo que a maioria se encontra e fazer pressão, como? pela imprensa? NÃO o PIG - Partido da Imprensa Golpista - vai é nos chamar de marajás e jogar a falta de investimentos em cima nos nossos "polpudos salários", eles só apoiam o capitalismo selvagem com seus economistas-profetas de meia tijela, então a solução como bem falou o Medeiros é entupir os e-mails e ouvidorias de quem tem o poder de reclamações, indignações e até mal-criações e a turma que mora no Rio de Janeiro, ir até a porta da Previ para fazer barulho e tentar chegar às portas do gabinete do presidente e do Sasseron. Sem pressão, vão continuar enrolando.

Jorge Teixeira - Araruama (RJ) disse...

Colega Medeiros,
Lendo o comentário que aqui postei sobre a Ouvidoria do Minifaz percebi que o endereço virtual do órgão saiu errado. Informo abaixo o caminho correto:
https://portal.ouvidoria.fazenda.gov.br:443/sisouvidor/autoatendimento/consulta/formularioConsultaMensagem.jsp

Blog Dantas_60 disse...

Prezado Medeiros,
O Ministro das Comunicações Paulo, Bernardo, publicou em seu Facebook, que op crédito vai sair. Pois foi fechado em seu Gabinete no Planejamento.